terça-feira, 18 de outubro de 2016

A Estrela de Belém

Conta a história, através do Evangelho segundo Mateus, que quando Jesus nasceu uma estrela anunciou seu nascimento e guiou os três Reis Magos do ocidente até o local onde estava o Menino Jesus, Maria e José.
Essa estrela recebeu o nome de Estrela de Belém e o seu brilho intenso foi uma forma de representar que Jesus seria a luz do mundo.
Astrólogos da Antiguidade tinham o costume de acreditar que alguns fenômenos aconteciam em razão do nascimento de um rei, motivo pelo qual teriam considerado a aparição da estrela como anúncio do nascimento de Jesus.
Esse fato está registrado na bíblia, caracterizando bem essa passagem, onde é citada a propria fala desses: “onde está aquele que é nascido Rei dos Judeus? Pois do Oriente vimos a sua estrela e viemos adorá-lo" (Mateus 2:1-2).
Os três Reis Magos eram Belchior, Baltazar e Gaspar, que levaram incenso, ouro e mirra para presentear Jesus, pois cada um deles teria um importante significado para sua vida.
O incenso foi dado para manter o bebê protegido, representando a fé, a oração que chega a Deus através da fumaça.
O ouro foi ofertado para representar a realeza, para trazer-lhe riquezas, providência e proteção divina.
A mirra, um óleo extraído de uma árvore com o mesmo nome, considerado antisséptico, foi dado a Jesus como presente para fazer a limpeza de seu corpo e ao mesmo tempo protegê-lo contra as doenças.
Astrônomos do século XVI explicaram que se a Estrela de Belém se tratava de um cometa, mais precisamente o cometa Halley. Porém, este cometa apareceu bem antes do nascimento de Jesus, no ano 12 a.C. Além disso, outros cometas poderiam ter sido confundidos com a estrela de Belém, mas registros astronômicos comprovam que nenhum deles passou pela Judeia, podendo ser visto a olho nu, na época do nascimento de Jesus.
Hoje em dia a estrela de Belém é caracterizada como um importante símbolo de natal, tendo uma cauda bem maior que seu tamanho.
Por Jussara de Barros
Graduada em Pedagogia
fonte: Brasil Escola

0 comentários :

Postar um comentário